terça-feira, 14 de setembro de 2010

Mulher, anjo, tentação...


Esta noite vagando perdido pela cidade,
Incomodado com o barulho e luzes demais,
Vi um anjo, uma mulher, uma tentação.
Vi seu belo rosto de pele macia,
Olhar penetrante capaz de me decifrar.
Os cabelos caindo suavemente pelo rosto,
Aquela pele macia, aquele sorriso.
Vi aquela mulher sentada num banco,
Sentia frio, e apenas queria aquecê-la.
Sentia desejo, e queria apenas beijá-la.
Queria saber mais dos segredos dessa mulher,
Que brilhava e seu jeito a mim hipnotizava.
Ali sentada, ela provocava, ela parecia querer,
Viver uma aventura mais profunda que um mero romance.
Parecia pronta para as loucuras de uma noite insana,
Parecia me despir com os olhos.
Aquela mulher que apenas sei o nome,
Mas desconheço seus sentimentos,
Não sei o quanto quer se entregar,
Não sabemos o quanto podemos ir longe,
Perdidos nas dúvidas,
Minha única certeza nesta noite,
Era essa mulher misteriosa.

Um comentário:

  1. mocinho cada vez melhorr...lembrei um pouco de mim nessa...sucesso bjos

    ResponderExcluir